Como aliviar as dores na coluna durante a gravidez - Dr. Guilherme Meyer

Como aliviar as dores na coluna durante a gravidez

gestante

Mudanças hormonais e aumento de peso são as principais causas da lombalgia em gestantes

Dor na lombar durante os meses finais da gestação é um sintoma bastante comum entre as mulheres grávidas. De acordo com a Associação Americana de Gestação, entre 50% a 70% das gestantes sentirão dores nas costas.

Esse incômodo, na maior parte dos casos, está associado ao ganho de peso – algumas gestantes chegam a engordar mais 20 kg, enquanto que o limite recomendado para cada gestação é em torno de 9 a 12 kg. Dessa forma, a coluna acaba ficando sobrecarregada.

Também existem outros fatores que contribuem para o problema. Um deles se relaciona às alterações hormonais da gestação que levam ao relaxamento das articulações pélvicas, estruturas que ligam os ossos pélvicos à coluna vertebral, preparando o corpo para o parto. Como consequência, a mulher pode sentir dores não só na região pélvica, como na lombar também.

As mudanças no centro de gravidade do corpo da gestante, que ocorrem à medida que o bebê cresce e o útero se expande, também fazem com que haja mudanças posturais e aumente a pressão sobre as costas. Além disso, mulheres que apresentam histórico de dor lombar e trauma pélvico estão mais suscetíveis às dores na coluna nessa fase.

O que fazer para aliviar as dores

Não há como evitar totalmente a lombalgia na gravidez. No entanto, existem medidas que podem minimizar a intensidade e a frequência desses desconfortos. Veja a seguir algumas dicas:

• Pratique exercícios físicos regulares, de acordo com as orientações do seu obstetra

As atividades físicas fortalecem a musculatura do tronco, responsável pela sustentação da coluna. Modalidades como a hidroginástica ajudam a aliviar a pressão sobre a lombar.

• Fique atenta às posturas saudáveis durante as atividades de rotina

É importante manter a coluna sempre ereta e evitar movimentos de torção, assim você evita que sua coluna não fique sobrecarregada ou desalinhada. Evite, por exemplo, curvar a coluna para pegar um objeto no chão. Agache-se e mantenha a postura reta.

• Tome cuidado ao se levantar da cama

Evite se levantar de uma vez. Vire o corpo de lado, desça as pernas lentamente e, com a ajuda dos braços, faça força para levantar o tronco.

• Use calçados confortáveis e evite saltos altos.

À medida que o seu abdômen se expande e o seu centro de equilíbrio se altera, o uso do salto alto poderá prejudicar ainda mais a sua postura e gerar dores.

• Evite dormir de barriga pra cima

Tente dormir de lado, com um travesseiro entre as pernas. Essa posição irá ajudar a aliviar a pressão sobre as costas.

Quando procurar um médico

Caso as dores sejam muito intensas e venham acompanhadas de febre ou fraqueza e perda de sensibilidade em uma das pernas, procure ajuda médica. Além disso, é importante ficar atenta aos sinais do trabalho de parto. Dores fortes e ritmadas na parte inferior das costas podem indicar que a hora de dar a luz está próxima. Converse com o seu médico.