Lombalgia


Introdução

A dor na região lombar das costas, chamada tecnicamente de lombalgia, é uma das queixas mais comuns da população. Vale ressaltar que lombalgia é um sintoma e não uma doença propriamente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que aproximadamente 80% dos adultos sofrerão pelo menos uma crise aguda de dor nas costas (lombalgia aguda) durante vida, e que 90% dessas pessoas apresentarão mais de uma crise. A maioria dos casos de lombalgia é autolimitada sem que seja necessário a realização de exames ou de um tratamento específico.

O médico é capaz, através de uma boa anamnese (entrevista com o paciente) e de um bom exame físico identificar e separar os pacientes que apresentam uma lombalgia simples dos pacientes que apresentam alguma peculiaridade que merece maior investigação.

Causas

As causas de lombalgia simples são as mais diversas, como distensões musculares, má postura, ergonomia inadequado do ambiente de trabalho, condicionamento físico inadequado, traumas, entre outras.

O perfil psicológico e outras doenças associadas também influenciam na gênese da dor. O tratamento da lombalgia simples consiste na aplicação de métodos de analgesia ou de controle da dor.

A utilização de medicação analgésica e anti-inflamatória, medidas fisioterápicas como o calor local e profundo e até mesmo a acupuntura fazem parte desse arsenal. Tão importante ou até mesmo mais importante que o tratamento da crise de lombalgia aguda é a prevenção de novas crises. Consideramos algumas medidas de extrema importância, como uma boa ergonomia no trabalho, condicionamento físico e prática esportiva além de hábitos saudáveis de vida.

Consulte sempre um ortopedista especialista nas doenças da coluna vertebral para ter o melhor tratamento.