Tratamento


O médico e seu paciente


Para o diagnóstico e o tratamento de problemas na coluna procure um bom médico. Somente ele é capaz de identificar adequadamente um problema, solicitar os exames corretamente e orientar o tratamento. Alterar essa ordem ou pular uma dessas etapas pode comprometer seu tratamento.


O tratamento de qualquer doença, seja ortopédica ou não começa com um diagnóstico correto.Nos tempos atuais, em que temos a disposição sofisticados métodos de exames como a Ressonância Magnética e o PET Scan (ou PET CT), a história clínica e o exame físico ainda são as melhores ferramentas que nós médicos dispomos.
O contato com o paciente, a obtenção de informações sobre seus hábitos, suas doenças e também sobre suas angustias é primordial para a realização de um correto diagnóstico e consequentemente do melhor tratamento.
Infelizmente isso parece ter sido esquecido por muitos. Tanto por médicos quanto por pacientes. Ambos querem respostas em um papel. O “preto no branco”. Tratamos doentes e não doenças. Tratamos indivíduos, pessoas únicas que devem ser compreendidas em sua totalidade.
Não ha dúvida da enorme utilidade dos modernos exames de imagem e das novas técnicas terapêuticas e cirúrgicas. Só não se deve esquecer da tradicional relação médico-paciente e de sua vital importância. Esta relação não pode ser substituída jamais por uma máquina ou um exame. Se isso acontecer, o prazer de ser médico será deixado de lado. Se esse dia chegar, não desejarei mais ser médico.